segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Av. da Liberdade.

_MG_9149
_MG_9046

73 comentários:

  1. Respostas
    1. Não gosto de Bacalhau!! nem couves!

      Eliminar
    2. não gosto de pessoas que não gostam de coisas.

      Eliminar
    3. Não gosto de pessoas!

      Eliminar
    4. Respeito pessoas que não gostam de algo...

      Eliminar
    5. "vivências de uma mulher de trintas que não vive numa grande cidade, vive mesmo na Província,mas não é provinciana"....pois a mim pareces bem da província com esses comentários

      Eliminar
    6. Não gosto de tatuagens, só isso, nunca disse/escrevi que não gosto de pessoas tatuadas..
      @Sandra Olivia, não percebi o porquê de "pareces bem da província" só porque não gosto de tatuagens...Tem que me explicar, se fizer o favor.

      Eliminar
    7. já agora explica-me também o porque de não gostares de pessoas com tatuagens... nem t das ao trabalho das conheceres assim que vez um bocado de tinta!? qual é o sentido disso!?
      tipo, tens uma tatuagem não deves ser boa pessoa!?
      sense... it makes none

      Eliminar
    8. Quem é que não gosta de pessoas com tatuagens?? Não sou eu de certeza...

      Eliminar
    9. Porque é necessário comentares que não gostas de tatuagens como se fossem obrigados a retirar o post, ou não fotografar pessoas tatuadas, porque ver pessoas tatuadas te magoam as vistas. Olhe eu não gosto de pessoas ignorantes e que discriminam os outros.

      Eliminar
    10. A provinciana não gosta de pessoas tatuadas, tem ar de quem prefere homens de cara rosada que batem nas mulheres. Parece que a inteligência ainda não chegou à província.

      Eliminar
  2. Que mau gosto e pobre criançaaaaaaaaa :(((

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse comentário é que foi de mau gosto.
      Pobre criança porquê? Na minha opinião seria pobre criança se esta apresentasse sinais de abuso e não pelos pais terem tatuagens.

      Eliminar
    2. idem. comentários destes, numa altura destas, só provam que ainda temos muito para andar.

      Eliminar
    3. É mau gosto porque é diferente do seu e não consegue entender?

      Eliminar
    4. De mau gosto é a sua mentalidade nos dias de hoje. Acontece muitas coisas de mau gosto neste pais, esta família não é uma delas.

      Eliminar
    5. Quantas vezes não me foram oferecidas ganzas, cigarros, entre outras substâncias; quantas vezes eu não podia ter escolhido um outro caminho por toda a gente que me rodeava ser chunga e desistir da escola, quantas vezes eu não podia ter cometido erros...nunca fumei nada, bebo socialmente (de meses a meses) tenho tatuagens, tirei engenharia informática e sou uma pessoa extremamente educada e responsável...conheço pessoalmente a mãe dessa criança e só tenho a dizer que são pessoas espectaculares e, certamente, muito melhores pais que outros de aparência "normal" que vemos pelas ruas a berrar e a bater aos filhos, e a deixa-los ir à frente, não sei quantos metros, junto aos carros que passam na estrada...abram os olhos! - Andreia: Não vale a pena...

      Nuno Almeida

      Eliminar
    6. Como se o exterior de uma pessoa implicá-se o que ela é por dentro.
      Cada um é como é e o importante é sentir-mo-nos bem com nós mesmos...Em pleno século XXI Portugal tem de se adaptar aos que (felizmente) fogem das regras da normalidade da sociedade.

      Eliminar
    7. Pena haver ainda tanto preconceito e pessoas tão retrogadas em pleno seculo 21.

      Eliminar
    8. Lamento pela sua mentalidade e pela sua forma de pensar que com um simples corpo tatuado já pensa que a pessoa possa ser toxicodependente ou um marginal qualquer. Olhem para eles como pessoais normais, que levam uma vida normal. Não é por ter uma tatuagem grande no corpo que não deixam de ser um pai ou uma mãe. Vamos parar com o preconceito das tatuagens!

      Eliminar
    9. Ahahahah... Estes comentários matam-me... Mau gosto, por ter um gosto diferente. Coitada da criança que os pais são marginais. Lamento a sua atitude que julga o livro pela capa... Mas também duvido que saiba o que é um livro... Pois se escreve "cançado", deve ter problemas maiores que essa criança...

      Eliminar
    10. Caro Cançado , neste momento tinha tantos nomes para lhe chamar que um só um comentário não chegava . Pobre é o Sr. e de espírito !!!! é um completo retardado mental lamento quem tenha que lidar consigo todos os dias pois é um ser humano asqueroso ! gostava de o conhecer pessoalmente para lhe poder dar um ou dois ensinamentos ...........Infeliz !!!!

      Eliminar
    11. Esta "pobre criança" principalmente por vir do meio de onde vem e se relacionar com pessoas de open mind e uma cultura maior que a tua terá uma educação bem mais rica e superior à que tu tiveste, que pelo teu comentario, releva um nivel gigante de ignorância.

      Bem haja.

      Eliminar
    12. Tenho tatuagens e piercings os quais não me impediram de ingressar na minha segunda licenciatura e num mestrado ao mesmo tempo. Ainda bem que a tinta na minha pele não me transformou numa delinquente, toxicodependente, ou outro qualquer termo pelos quais, pessoas de mente tacanha, costumam adjectivar quem tem coragem de se expressar pelas tatuagens que carrega no corpo.

      Inês G.

      Eliminar
    13. Muito provavelmente vai ter uma educação melhor que a do seu filho. Com um comentario destes voce so mostra nao ter maturidade para educar uma criança.

      Eliminar
    14. cada um anda como quer , e ninguem pode apontar o dedo ou julgar os outros

      Eliminar
    15. que gente mais preconceituosa.... enfim

      Eliminar
    16. Pobre é a maneira como pensa...tenho realmente muita pena de si, devido a cabecinhas como a sua é que somos o país mais atrasado da Europa.
      E com muito orgulho digo que este menino que por acaso é meu sobrinho está a receber uma boa educação e será com certeza um ser humano bem melhor que o ignorante do anonimo das 19h58 que fez o infeliz comentário "pobre criança"

      Um grande bem haja mas...mesmo grande
      E deus nos livre de pessoas como você, deus queira que não se pegue...

      Eliminar
    17. peço desculpa mas eu referia-me ao ignorante anonimo das 11h49 e não ao anonimo das 19h58 peço imensa desculpa!!

      Eliminar
    18. Sinceramente é muito mas mesmo muito triste pensar que ainda existem pessoas tão parvas e preconceituosas neste mundo! Pobre é da criança que for seu filho e que for criada consoante pensamentos tão parvos e sem sentido! onde está a igualdade e a aceitação de todos na sociedade? uma coisa é não gostar de tatuagens, por gosto pessoal, mas isso n implica ter que insultar ou rebaixar quem as tem! eu não sou menos que ninguém por ter o meu corpo marcado com ARTE! e para aqueles que me olham de lado na rua apenas sorriu, porque não é de mim julgar as pessoas como me julgam a mim! se eu aceito os outros por não terem tatuagens pq é que não me aceitam a mim? por amor de deus, estamos no século XXI e somos todos livres e deveríamos aceitar toda a gente, com as suas diferenças ou não. se não quer que o julguem não julgue os outros, porque acredite, acho que teríamos todos muito mais razões para o julgar! cresça um bocadinho e pense antes de falar! aposto que todas as pessoas nas fotografias em cima são 100x melhores pessoas que você! e aquela criança que diz ser "coitadinha" deve ser mesmo, mas mesmo muito feliz por ter uns pais que o ensinam que não há problema nenhum em ele ser quem é!

      Eliminar
    19. CanÇado escreve-se com ÉSSE!!!

      Eliminar
    20. Tá lavadinho e com sapatinho da Nike... Onde é que ele é pobre?

      Eliminar
    21. Pobre é a tua mente que nada tem lá dentro.

      Eliminar
    22. Pobre criança??? é por ainda existirem pessoas com mentalidades dessas retardadas que o nosso pais está como está!!!
      as pessoas não se julgam pela aparência!! é pai o senhor? se sim , então pobre do seu ou dos seus filhos por serem educados por alguém como o senhor!
      fique sabendo que muitos médicos, padres, enfermeiros, bancários farmaceuticos etc ... por baixo da "farda" que usam muitos estão igualmente tatuados e não é por isso que deixam de salvar vidas ou deixam de ser melhores profissionais!
      eduque-se senhor, abra a sua mentalidade e principalmente aprenda a falar dos outros quando o senhor for um exemplo!!

      Eliminar
    23. Que mau gosto e pobre pessoaaaaaaaa :(((

      Não "cançado", não me refiro à família da fotografia, refiro-me a si! É triste que em 2013 ainda hajam "cançados" neste país.. É triste que se continue a julgar o livro pela capa, e que esses julgamentos sejam sempre depreciativos e desadequados. Eu cresci com uma Mãe super conservadora no que toca a "modernices" (Mas que respeita as opções de cada um) e um Pai ausente, a minha figura paterna era homossexual, hoje tenho tatuagens e piercings, não bebo, não uso drogas, e pasme-se, sou heterossexual. O corpo não nos define enquanto pessoas, a sexualidade também não, o que devia contar é o carácter coisa que a si lhe falta porque se esconde num perfil falso para fazer este tipo de comentários. Aprenda que pobre criança é a que morre à fome, a que é morta por pais negligentes, pobre criança é a que sofre abusos sejam eles físicos ou psicológicos, essa sim é uma pobre criança.

      Eliminar
    24. http://www.hypeness.com.br/2013/10/documentario-desmistifica-e-mostra-tatuados-sendo-pais-como-quaisquer-outros/

      Eliminar
  3. Brutal!! Prova de como TODA A GENTE tem uma vida e uma família, e pode perfeitamente cuidar de uma criança. Estamos no século XXI, e ainda há pessoas que precisam do mesmo tipo de evolução dos dias de hoje. Adorei a foto desta família! Sejam felizes =D

    ResponderEliminar
  4. Nojo é termos gente em Portugal de fato e gravata que ainda se acha superior a outros, o facto de ter ou nao ter tatuagens é escolha de cada um de nós. Socializo com muita gente tatuada que merecem todo o respeito e mais algum e tem filhos que são tratados como uma criança normal com educaçoes normais. Tem pais com trabalhos honestos...Mas para burros nao vale a pena falar porque nunca vao compreender nada..É o pais retrogado que vivemos.

    ResponderEliminar
  5. Comentários muito tristes mesmo, estamos no século XXI e a única coisa que sabem ver é o preconceito, saiam da caverna criaturas tristes!

    ResponderEliminar
  6. Grande família!
    Pais vocês têm feito um excelente trabalho porque esse miúdo é das crianças mais meigas e afáveis que pode haver :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é mesmo!! super feliz e educado e meigo!! quem dera a muitos!!! concordo com todos os que os acham uma familia feliz pois são mesmo <3

      Eliminar
  7. ainda ha gente muito quadrada neste pais . é por ter um risco na pele que muda alguma coisa ???? por haver esta mentalidade é que estamos como estamos.

    ResponderEliminar
  8. mau gosto porque, porque tem arte na pele, e qt a criança devia ter mais cuidado qd se refere dessa maneira . conheço pessoalmente o casal e sao pessoas mt cultas e tenho a certeza que dao uma boa educaçao, se calhar ate melhor do que voce da. ja que a sua educaçao esta repleta de preconceito. atualize-se.

    ResponderEliminar
  9. Tanto odio, quem conhece as pessoas em questao sabe prefeitamente os pais que são e a vida que podem oferecer ao filho... vida essa que bastante gente "de bem" gostaria de proprocionar aos filhos..

    ResponderEliminar
  10. Uma família feliz, isso é o que importa.

    ResponderEliminar
  11. Se não são toxicodependentes, disfarçam bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é sempre fácil esconder-se por de tras de um "anónimo " ..a sua mãe é que deveria ser toxicodependente e infelizmente na altura dela ainda não havia a despenalização do aborto logo temos um aborto falante !

      Eliminar
    2. Se o "Anónimo" não é preconceituoso disfarça bem.

      Eliminar
    3. o teu atraso mental não disfarças tu bem hahahah

      Eliminar
    4. Comentário mais ignorante que podia fazer. Parabens.

      Eliminar
    5. ahahahahahahahaha óh senhor anónimo o senhor existe ou fui eu que bati com a cabeça e estou a alucinar ao ler isto!!!
      Toxicodependentes????????????? porque têm tattoos ??????? que ridiculo !! que ridiculo!!! quel lhe dera a si ter a educação que este casal tem!! tanto a susana como o paulinho sao tudo menos toxicodependentes!! uma familia muito trabalhadora e humilde que amam o filho incondicionalmente!! quem lhe dera a si senhor anonimo ter a saude a higiene e as maneiras deste casal!!! fale da vida dos outros quando a sua for exemplo!!

      Eliminar
  12. Granda Palekas...Granda Susana...!!! Granda Puto aí!!!

    ResponderEliminar
  13. De tempos a tempos aparecem por aqui fotografias de pessoas que causam alguma polémica, já aconteceu uma série de vezes e não vai com toda a certeza ser a última. No dia em que neste blogue começarem a aparecer com regularidade pessoas que parecem acabadas de sair dum casamento ou de uma loja de marca, por serem apenas "giras" ou por terem tal mala,ou que já sabem que vão ser fotografadas quando saem de casa ou porque quero agradar a alguém para ter algum retorno... tudo isto deixa de ter sentido. Quem visita o blogue já há muito que se apercebeu que gosto da diferença, gosto de quem ousa ser o que quer ser ( desde que não prejudique ninguém,obviamente) gosto da irreverência,como gosto, muitas vezes, da simples normalidade. Mas sobretudo gosto da tolerância , porque apenas sendo tolerante podemos conviver com os outros e aprender com eles.
    Temos sempre muito a aprender com quem é diferente de nós.
    Pessoalmente não gosto de tatuagens "normais", eu seria incapaz de fazer uma até porque tenho pavor de agulhas :), mas em casos como este e vários outros que por aqui passaram os corpos tornam-se numa obra de arte, da qual podemos obviamente não gostar, mas que no meu caso gosto e admiro e mesmo não gostando de tatuagens normais,tipo golfinhos etc, admiro e respeito muito quem faz coisas destas no seu próprio corpo como os fotografados fizeram. Demostra um firmeza e uma coragem enorme, demonstra que não têm receio do "parecer" e que são o que querem ser sem receios da opinião dos outros. Por isso os admiro. Por isso para eles o meu muito obrigado por se terem deixado fotografar e submeter-se a comentários menos simpáticos e até ofensivos.
    Temos que deixar de julgar os outros pelo que aparentam, por serem diferentes.Temos que deixar de julgar os outros porque fogem dos nossos padrões.
    Ás pessoas que não gostam apenas peço que critiquem de forma civilizada e cordial, todos podemos dar a nossa opinião sem ofender os outros. Não temos todos de gostar do mesmo.Eu também não gosto de muitas coisas.
    Para terminar o amor duma família e a capacidade de educar e amar não se mede pela maneira como esta se veste, pela maneira como se tatua ou não, pelo dinheiro que ganha ou pelo sexo que tem, o amor duma família mede-se por outros padrões bem mais importantes.
    Obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Soube-me bem ler este texto esta manhã assim que entrei no blog. Venho cá quase todos os dias. Continua !!! Muito Obrigado :)

      Eliminar
    2. Claro, é assim mesmo, fui logo atacada porque escrevi que não gosto de tatuagens, nunca ninguém me ouviu de dizer que não gosto de pessoas tatuadas, isso é diferente, mas não é o caso.
      Continue a seguir os seus ideais e os seus gostos.
      beijinhos

      Eliminar
    3. Diário de Lisboa, gostei de ler o seu texto. Muito Bom!!!
      Fátima Campos

      Eliminar
    4. " na Província" , eu percebi isso :) ,como disse todos somos livres gostar,ou não e de dar a nossa opinião. Bjs e muito obrigado a todos pelos comentários.

      Eliminar
  14. Até poderiam ser azuis às bolinhas amarelas, pai e mãe vai para além de tatuagens , piercings... se gostam ou não, não é relevante. RESPECT

    ResponderEliminar
  15. Adorei as fotografias, adorei a família e adorei o seu texto. Lamento muito a falta de respeito e de tolerância que ainda existe para com a individualidade de cada um.

    ResponderEliminar
  16. Durante anos não me atrevi a fazer tatuagens, também devido ao trabalho que tenho. Até que descobri o local ideal para a fazer: na planta do pé. Adoro-a!

    ResponderEliminar
  17. Vejam:

    http://www.hypeness.com.br/2013/10/documentario-desmistifica-e-mostra-tatuados-sendo-pais-como-quaisquer-outros/

    ResponderEliminar